Polippo

Brasileira,

Formada em 'Produção Multimídia' pela Universidade Santa Cecília em Santos/SP (BRA), com especialização em 'Fotografia: Práxis e Discurso Fotográfico' pela Universidade Estadual de Londrina (BRA). Discente do programa de mestrado em 'Multimédia' da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Vinculada ao núcleo de estudos IDENTIDADES - Movimento Intercultural, constituído por um grupo de alunos e professores da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) e GESTO Cooperativa Cultural. Com passagens em estudos integrados nos programas de 'Design da Imagem' da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e em 'Comunicação' na Universidade Estadual de Londrina.


Desde muito nova começou a empreender. Levando modelos de negócios inovadores para regiões descentralizadas, tais como o USE Coworking - o 1º Escritório Compartilhado instalado em Cuiabá, no ano de 2012. Dois anos depois (2014), faz nascer a loja colaborativa Polippo Art Shop para fomentar a produção de artistas locais e independentes na região nordeste do Paraná, tendo como base a cidade de Londrina. A pouco tempo criou a 'sede social' digital NVLO , para gerir negócios que promovam ações para distribuição de arte. Disposta a auxiliar estrategicamente projetos colaborativos, sociais e culturais, indicando melhores áreas de atuação, oportunidades de negócios para manter artistas, produtores e profissionais criativos competitivos no mercado.


Atualmente a 'produtora multimídia' como se descreve neste emaranhado de atividades, se diverte pelo mundo de modo ousado, independente e absolutamente moderno, como uma nômade digital que vê prazer em observar e absorver experiências por onde passa. És de um olhar debruçado sob a vida, que apesar dos "apenas" 31 anos, conta com publicações em jornais, revistas, livros e participações em festivais e prêmios importantes.


À destacar os 3 (três) anos consecutivos em 2º lugar e 3º na V, VI, VII Mostra de Video Poema do Londrix - Festival Literário de Londrina com as poesias visuais "Arpoador", "(R)imãs" e "s o n h o s". E participação na produção do curta-metragem “Cante Lá que Eu Canto Cá”, premiado como “Melhor Direção” no 8º Curta Santos - Festival de Cinema de Curtas Metragens e “Dívida”, selecionado pela “Mostra Olhar Caiçara” na 6ª edição deste mesmo festival.


No ano de 2015, esteve nas páginas das principais revistas e jornais do Brasil Revista Zupi, Ideia Fixa e Jornal A Gazeta, pelo destaque no projecto GRAVIDADE - a narrativa fotográfica surrealista que utiliza sobreposições, efeitos 3D e reflete sob a flexão do universo. Polippo também é colunista colaboradora na Obvious Magazine e Ateliê Fotografia, onde explora e questiona a temática da 'imagem' numa ótica 'tecnológica'.


Currículo Profissional | Currículo Lattes